1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Aves nos ombros

PDF Imprimir

Atenção criadores de pássaros: deixar as aves ficarem em cima do seu ombro, pode não ser uma prática segura para você e para ela.

barrigudo_pq2Se a ave não estiver bem treinada e acostumada a ficar em cima do seu ombro, facilmente consegue fugir, mesmo que tenha as asas cortadas. Pode se desequilibrar, cair e machucar gravemente.

A bicada de um papagaio, por exemplo, nos olhos pode cegar, desfigurar orelhas e até cortar lábios. Este é o pior dos cenários claro, mas é importante ficar atento, pois muitas pessos saem com suas aves nos ombros pelas ruas e esquecem que o pássaro pode se assustar com a buzina de um carro, barulho do motor de uma moto e no reflexo, causar ou sofrer um acidente.

É compreensível o fato dos donos quererem andar com suas aves no ombro para exibí-las e até mesmo pela cumplicadade e confiança que estes animais desenvolvem com seus criadores, mas o ombro é um local bastante instável para elas, o que pode fazer com que se sinta insegura. Ao tentar ganhar equilíbrio, a ave pode até bicar para evitar a queda.

O fato de uma ave não estar preparada para permanecer no ombro do dono não implica que não seja um bom animal de estimação, simplesmente, ela não se sente confortável naquele local.

Antes de incentivar seu pássaro a permanecer no seu ombro, você deve treiná-lo, sobretudo insistir nos comandos “sobe” e “desce”. Se você tem um papagaio inseguro, ciumento, possessivo ou territorial, não deve deixá-lo ir para o seu ombro. Eles facilmente assustam-se com barulhos ou a chegada de desconhecidos e podem reagir bicando.

papagaio1_pqTreine a ave começando por deixá-la na sua mão. Depois, vá progressivamente chamando-a para o ombro, mas mantenha-se sentado e o mais quieto possível. Quando o pássaro se sentir à vontade para estar em seu ombro em diversas situações, pode andar com ele pela casa para ganhar confiança.

Mas lembre-se, mesmo a ave mais treinada pode se assustar com todos os barulhos imprevistos da rua, portanto, avalie se realmente é necessário deixar seu pássaro tão desprotegido, por mais que seu ombro e companhia possam parecer seguros para ela.

Muitos acidentes acontecem com aves consideradas dóceis e que nunca tinham bicado antes.