1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Obesidade animal

PDF Imprimir

Inúmeros animais levados ao veterinário estão obesos. Devido ao amplo mercado de petiscos para pets, temos até chocolate canino, e, por proprietários que dividem seus hábitos alimentares com seus animais, vários bichinhos vêm sofrendo deste mal, não apenas no Brasil. Algumas raças como Labrador, Rottweiller, Beagle e Basset Hound são mais propensas a desenvolver obesidade, além disso, animais do sexo feminino são mais predispostos que machos.

hamsterO peso do animal não é o único indício de obesidade, pois a retenção de líquido também pode influenciar seu peso. O excesso de gordura é o grande vilão assim como no ser humano, provocando deformidades físicas e desenvolvimento de doenças cardiovasculares por meio da obstrução de vasos, diabetes e até problemas respiratórios em raças como Pequinês e Ilhasa Apso.

Existem outros fatores que contribuem para o aumento da taxa de gordura nos animais como disfunções hormonais, vida sedentária e também ansiedade, onde os animais consomem mais alimentos para aliviar a tensão.

Os bichinhos devem receber alimentação balanceada de acordo com as atividades físicas que realizam e em situações especiais como fêmeas gestantes, que estejam amamentando, animais debilitados por algum motivo e, de acordo com a temperatura e clima do local onde habitam. Pets que vivem em regiões frias precisam de uma quantidade maior de energia.

Consulte seu veterinário para identificar um possível caso de obsedidade e estabelecer uma dieta correta para seu bichinho.